A Carta Ética Lush

A Carta Ética Lush

A Carta Ética Lush

O Ethos Lush

Na declaração da Lush ‘Nós Acreditamos’ dizemos “Acreditamos em pessoas felizes que fazem sabonete feliz, colocamos a nossa cara nos produtos e deixamos as nossas mães orgulhosas”.

 Mas, na verdade, não são só as nossas mães que se sentem orgulhosas pelo nosso trabalho; as pessoas que trabalham na Lush também sentem orgulho das suas conquistas, concretizações e valores da empresa. O nosso orgulho pela empresa e a nossa contribuição individual para a Lush eleva o nível de empenho e lealdade, pouco comuns em outras empresas e a uma confiança por parte do nosso staff e clientes por vezes difícil de conquistar.

 Sabemos que muitas pessoas vêm trabalhar connosco pelos nossos valores. Para muitos, a Lush é o local que melhor representa os seus valores pessoais, as suas prioridades ou a sua visão para o mundo: uma empresa que se empenha para fazer um negócio bom, que não explora as pessoas, o planeta ou os animais. Com o passar do tempo, a Lush tornou-se num ecossistema entusiasmante de pessoas e opiniões diferentes. A nossa capacidade de criar um ambiente caloroso e acolhedor, um ambiente seguro onde a diferença é aceite e promovida, é talvez a nossa maior força. Atraímos minorias que nos procuram como refúgio contra preconceitos, intimidação ou marginalização. Este grupo amplo e diverso encontra um lugar na ‘tapeçaria’ que forma a Lush, onde cada um desempenha um papel importante e pessoalmente significativo que, ao mesmo tempo, contribui para um todo.

 Independentemente do teu cargo, todos somos precisos para trabalhar juntos pelo futuro, assim como no passado foram fundadas as bases da Lush, para impulsionar criatividade, comércio, apoio ao cliente e integridade do negócio. Para manter a Lush vibrante, relevante e significativa no mundo e no seu propósito, temos que continuar a inovar e mudar enquanto nos mantemos fiéis aos nossos valores e asseguramos que a Lush se mantém um local no qual nos sentimos orgulhosos por trabalhar e contribuir.

Quer sejas um cliente ou um acionista, todos esperamos que a Lush inove, se adapte e esteja à altura dos desafios que um mundo em constante mudança nos lança – com uma expectativa geral de que os padrões devem subir em vez de descer.

CONSULTA PARA OS TRABALHADORES SOBRE OS PRINCÍPIOS ÉTICOS FUNDAMENTAIS

Um dos principais objetivos do Fundo Beneficiário de Colaboradores Lush (Lush Employee Benefit Trust – EBT) é proteger os valores fundamentais que nos permitem manter os nossos padrões éticos. Com esse objetivo, estamos a implementar processos através do EBT para garantir que não são tomadas decisões que possam violar ou afetar materialmente a nossa prática ética sem antes ter em conta os pontos de vista do staff de todas as empresas Lush. Isto também permite que todos sejamos devidamente informados sobre as questões subjacentes a qualquer grande mudança, para que possamos dar um contributo significativo para essa decisão e para que os líderes da empresa possam tomar uma decisão informada, onde todos os pontos de vista foram considerados. 

Existem certos valores ou princípios que consideramos essenciais para a nossa filosofia, e que não devem ser alterados sem a devida ponderação e consulta. Se os diretores da Lush considerarem que há probabilidade de mudança (e que esta não iria de modo algum prejudicar a sua discrição ou significar que algum deles estaria a violar os seus deveres de direção ou de confidencialidade para o fazer), solicitarão aos administradores do EBT (os Trustees do EBT) que obtenham os pontos de vista dos colaboradores do Grupo Lush, de modo a poder tê-los em consideração na tomada de decisão relativa à mudança proposta. Quando solicitado pela Lush, os Administradores do EBT perguntarão a todos os Colaboradores do Grupo Lush em todos os países onde a Lush exerce a sua atividade se consideram que as alterações propostas constituem uma violação ou alteração material dos nossos princípios éticos fundamentais. Estes princípios éticos fundamentais são: 

 

Testes em animais

A Lush nunca irá realizar ou encomendar testes em animais. Optaremos sempre por comprar ingredientes de fornecedores que não façam testes em animais. Se existirem leis e regulamentos que dificultem ou impossibilitem não testar em animais, desafiaremos e faremos campanha por uma legislação verdadeiramente livre de crueldade em todos os mercados.

 

A Lush é uma empresa vegetariana

Serão apenas usados ingredientes vegetarianos nos nossos produtos. Também nos comprometemos a garantir que existam sempre opções vegan na nossa gama.

 

Política fiscal da empresa 

Comprometemo-nos a pagar a tempo o montante adequado de impostos em todos os países onde a Lush opera.  Uma cópia escrita da nossa atual política fiscal está disponível mediante pedido.

 

A Lush é uma empresa ativista

A Lush promove ativamente campanhas sobre os Direitos dos Animais, Direitos Humanos e Proteção Ambiental.

Espera-se que todos os países com licenças Lush façam campanha pelo menos uma vez por ano sobre um dos valores fundamentais através das suas lojas e website.

Salários justos para os colaboradores

A Lush compromete-se a exceder os salários mínimos do governo em todos os países em que opera.

Todos são bem-vindos, sempre.

A nossa declaração de intenção ‘Todos são bem-vindos, sempre’ é o nosso princípio orientador sobre diversidade e inclusão para o staff e clientes, onde esperamos ser sempre um lugar que abrace a todos e todas.

A Lush procurará sempre empregar e promover pessoas com base nas suas capacidades, aptidões e potencial, sem preconceitos ou discriminação de qualquer tipo.

Compromisso de Transparência e Auditorias Externas

A Lush contratará a terceiros auditorias regulares quanto à sua Política de Testes em Animais, às suas práticas éticas e ambientais, bem como auditorias comerciais regulares.

EVOLUÇÃO DOS VALORES E PRINCÍPIOS ÉTICOS

Existem mais valores fundamentais em adição aos expostos acima, que são igualmente fundamentais para o ethos ético Lush, mas que se definem de forma diferente ao longo do tempo, sendo afetados por novos avanços tecnológicos, diferentes situações mundiais e novas invenções e soluções disponíveis. Estes valores fundamentais terão objetivos e políticas que mudarão de tempos a tempos para refletir estes avanços e mudanças. Estes são:

Um planeta vivo

A Lush acredita que faz parte do mundo natural, pelo que o seu impacto – seja através dos ingredientes que utilizamos, da forma como fabricamos e transportamos mercadorias ou da forma como geramos energia – deve retribuir mais do que aquilo que tira.

Comércio Justo com os nossos fornecedores

Acreditamos que o comércio justo é uma parceria comercial baseada no diálogo, transparência e respeito, que procura uma maior equidade no comércio internacional, empenhando-se ativamente no apoio aos produtores, na sensibilização e na campanha pela mudança das regras e práticas do comércio internacional convencional. 

Mantendo a qualidade do produto, os valores fundamentais, a satisfação do cliente e obtendo um lucro de igual importância.

A Lush acredita no direito de obtenção de lucro, mas quando forem feitas grandes considerações e ajustamentos no negócio, todos os aspetos fundamentais da Lush serão debatidos e tidos em consideração. Um negócio Lush equilibrado tenta sempre lucrar, mantendo os seus valores.

 

Fresco e feito à mão

O nosso objetivo é ter uma gama inovadora e eficaz de produtos produzidos à mão com ingredientes frescos, cujo objetivo final é eliminar completamente a utilização de conservantes sintéticos.

 

Produtos nus

O nosso objetivo é minimizar o uso de embalagens, pelo que nos esforçamos sempre para inventar e aperfeiçoar os nossos produtos nus.

  

Ética digital

 A Lush procurará sempre comportar-se com uma consciência ética no nosso património digital em constante evolução. Adotámos tecnologias de código aberto em tudo o que concebemos, construímos e lançamos. Devolvemos a nossa investigação e o nosso código às comunidades abertas.  Comprometemo-nos a utilizar material de mercadorias livres de conflitos que tenham um elevado rendimento mas um baixo consumo de energia proveniente de energias verdes renováveis, em todo o grupo Lush, sempre que possível. Asseguramos que todos os dados do staff e dos clientes da Lush são encriptados, seguros e transparentes. Os nossos clientes e colaboradores têm o direito de saber que informação temos sobre eles.

 

Energia renovável

A dependência passada dos combustíveis fósseis e nucleares para as necessidades energéticas do mundo causou problemas.  Procuraremos e favoreceremos os avanços em novas fontes de energia e novas soluções à medida que estas se tornem disponíveis.

 

Materiais recicláveis

Não podemos produzir apenas produtos nus, por isso o objetivo seguinte é garantir que os produtos que precisam de embalagem utilizam os melhores e mais inovadores materiais disponíveis, que sejam igualmente de mínimo impacto, recicláveis e reutilizáveis.

 

Políticas ambientais

A Lush procurará sempre desafiar-se perante todas as suas utilizações dos recursos da terra. O nosso objetivo é reduzir e minimizar o nosso impacto com políticas que satisfaçam as necessidades de uma situação mundial em constante mudança e em constante evolução. Iremos desafiar e focar-nos em áreas como o transporte aéreo, utilização de energia, materiais em aterros, taxas de reciclagem, poluição e produção de resíduos.

O COMITÉ DA CARTA ÉTICA

Convocação do Comité da Carta Ética

Se algum colaborador de qualquer país do grupo onde opera a empresa Lush levantar uma preocupação sobre qualquer um dos valores fundamentais ou princípios desta Carta Ética não estar a ser respeitado por qualquer empresa do grupo Lush (a menos que considerem essa preocupação razoavelmente infundada ou suficientemente mínima para que não constitua uma violação da Carta), os administradores do EBT convocarão um comité (o Comité da Carta Ética) para decidir se as ações, ações propostas ou inações objeto dessa preocupação constituem ou não um risco legítimo de violação da Carta Ética.

 

Membros do Comité da Carta Ética

Em cada ocasião em que o Comité da Carta Ética for convocado, os membros serão compostos por dois membros do staff do retalho, dois membros do staff da manufatura e dois clientes, todos selecionados ao acaso. O presidente do Comité, que não terá direito a voto, será um dos administradores do EBT.

 

Prestação de informações ao Comité

Os administradores do EBT fornecerão, tanto quanto possível, aos membros do Comité todas as informações sobre as atividades relevantes da empresa do Grupo Lush em relação ao valor central posto em causa, que razoavelmente exigirão para tomar essa decisão.

 

Decisões do Comité e ações a tomar 

O comité decidirá pela maioria de voto se a empresa do Grupo Lush em causa está ou não a operar dentro dos princípios da Carta Ética:

  • Se o comité decidir que a empresa está a operar dentro dos princípios da Carta Ética Lush, mais nenhuma ação será tomada.
  • Se o comité decidir que a empresa em questão realiza atividades que violam a Carta Ética Lush, os Fiduciários EBT informarão o Conselho de Administração da Lush Cosmetics Limited (ou qualquer outra empresa que possa ser a empresa-mãe do Grupo Lush no momento relevante) da violação ou provável infração, e o Conselho de Administração, na medida do razoavelmente praticável, terá em conta os pontos de vista do Comité ao decidir que medidas tomar em resposta à violação ou possível infração.

 

Notificação aos colaboradores

Sempre que o Comité da Carta Ética for convocado, os administradores do EBT notificarão todos os trabalhadores de todas as empresas do Grupo Lush da preocupação a considerar e da decisão tomada pelo Comité.

 

REVISÃO DA CARTA ÉTICA LUSH

Reconhecemos que o negócio do Grupo Lush, e o mundo em que se exerce esse negócio, irá evoluir e mudar.  A Carta de Ética Lush pode ser alterada de tempos a tempos para refletir essa evolução, desde que nenhum dos Valores Éticos Fundamentais ou Valores Éticos Evolutivos acima estabelecidos seja removido, desconsiderado ou alterado de modo a deixar de cumprir ou apoiar os princípios da presente Carta de Ética na data da criação do EBT sem consulta prévia dos colaboradores. 

Hilary Jones  Simon Constantine    Jack Constantine      Karl Bygrave

8 Fevereiro de 2018

* (e que não iria de modo algum prejudicar a sua discrição ou significar que algum deles estaria a violar os seus deveres de direção ou de confidencialidade para o fazer)

Audio player image

12:11